Se tem uma casa para colocar no mercado de aluguer mas está indeciso entre alugá-la por períodos de curta duração ou mensalmente, existem algumas diferenças importantes que deve ter em consideração.

Alojamento local

Consideramos alojamento local todos os imóveis disponíveis para alugueres até 30 dias de duração. Normalmente, as estadias são em média de 3 a 5 noites. Esta opção pode ser altamente rentável nas zonas mais turísticas e, principalmente, nas épocas altas do ano (verão, épocas festivas, feriados, etc.).

Vantagens

• Pagamento garantido – a casa não é utilizada sem antes receber o pagamento da reserva;
• Redução do risco de deterioração – pode visitar a propriedade sempre que necessário entre cada reserva, permitindo controlar o estado do imóvel e garantir a sua perfeita manutenção;
• Disponibilidade e flexibilidade – como a casa fica ocupada por períodos de curta duração, o proprietário pode visitar e utilizar a casa sempre que precisar.

Desvantagens

• Alguma sazonalidade – os meses de época alta são superiores aos restantes meses;
• É difícil atingir os 100% de ocupação mensal, pelo que haverá dias desocupados e, consequentemente, sem rendimento.

Artigo relacionado: Como legalizar um alojamento local para Airbnb?

Arrendamento mensal

Apesar de ser uma forma relativamente recente de alugar apartamentos, o arrendamento mensal é altamente rentável, uma vez que a maioria dos proprietários ainda optam mais pelo alojamento local e pelo arrendamento tradicional. As estadias são, no mínimo, de 1 mês e vão até 1 ano. Os clientes são, por exemplo, profissionais que mudam de região por questões de trabalho, pessoas que procuram tratamentos médicos fora do país, arrendatários que têm a casa em obras e precisam de alugar outra por alguns meses, etc.

Vantagens

• Não necessita de ter licença de alojamento local;
• Tal como no alojamento local, os valores são calculados por noite, o que os torna bastante superiores aos valores dos arrendamentos tradicionais;
• Se precisar, pode utilizar a casa durante o ano (pode alugá-la apenas durante 6 meses e utilizá-la no restante período, por exemplo)

Desvantagens

• Dependendo das alturas do ano, a opção de curta duração pode ser mais rentável;
• Pode não conseguir ocupar todo o ano pois a procura é muito específica e não é tão elevada como no alojamento local ou tradicional.

Artigo relacionado: Fazer gestão própria ou contratar empresa de Alojamento Local?

Arrendamento tradicional ou de longo prazo

Este é o arrendamento mais tradicional, feito por períodos normalmente não inferiores a 1 ano. Tem uma legislação muito própria e é também a opção mais comum e com menos risco.

Vantagens

• Preço fixo todos os meses do ano;
• Menor risco, não depende de taxas de ocupação, reservas e cancelamentos.

Desvantagens

• Leis bastante rígidas, maior dificuldade em terminar contratos;
• O proprietário não consegue visitar nem utilizar o imóvel;
• Menor controlo sobre o estado de preservação;
• Pode ter dificuldades em cobrar a renda a tempo e horas.

Estas são as três principais modalidades para alugar a sua casa. Se quiser saber quanto poderá valer a sua casa no mercado de alojamento local ou arrendá-la ao mês, fale connosco e descubra a solução mais vantajosa e simples para si.

Se pretender, pode também fazer download do nosso ebook e descobrir toda a informação que precisa para garantir que a sua casa cumpre todos os requisitos legais e fiscais da lei de alojamento local.


 

Ebbok sobre alojamento local